Kita

Agosto 26, 2013

DSC_0015 pb

Eu olho para o céu e não entendo direito os fenômenos que ocorrem no espaço, acho que tudo é grande demais para a minha cabecinha. Acho inclusive frustrante alguns eventos que ocorrem em intervalos de anos e que as pessoas acabam criando uma enorme expectativa para poder testemunhar, seja um cometa passando, o Sol se escondendo atrás da lua ou a lua se escondendo atrás do Sol… espera-se dias, meses, anos, para que então alguns segundos de prazer sejam evocados…

E foi assim com o Kita. 5 anos que não encontrava esse cara que durante esse intervalo de tempo esfriou e renovou a nossa amizade entre muitas conversas virtuais. Madrugar e atravessar o Rio de Janeiro não pareceu ser tão sacrificante, além  disso,  o pouco tempo tempo encontrado na metade de um dia que passou como se fossem poucos minutos. Aproveitamos, conversamos, rimos e mais uma vez nos despedimos…

É covardia tentar classificar o nosso grau de amizade, ou mesmo comparar com alguns outros amigos que estão aqui ao meu lado, mas é tão triste ter que se despedir sem saber quanto tempo demoraremos para tornar nossos laços menos virtuais.

Desse reencontro aprendi que eclipses são sim especiais, mesmo que passem bem rápido!